314

Quem, o quê e como. Mapeamento de grupos de interesse, questões e mecanismos de governança da Internet na América Latina

Este artigo mapeia o ecossistema de governança da Internet e sua evolução na região em três dimensões críticas: multissetorialismo, agenda em evolução e abordagens e pontes que conectam o nacional, o regional e o global. Embora esta não seja uma abordagem abrangente, é um exercício para rastrear os contornos das interações que cercam esse tópico na América Latina.

As plataformas e a normalização da escrotice

Publiquei recentemente, junto com minha amiga e pesquisadora Fernanda Bruno, um artigo voltado especialmente ao público internacional sobre o processo que levou ao resultado das eleições brasileiras de 2018. O texto é fruto de uma angústia com o resultado das eleições, reflexo de uma ânsia em mostrar, para nós mesmos e para os outros, que não somos assim.

O Borg em todos nós: a resistência é inútil?

Um dos principais papéis desempenhados pela ficção científica é retratar questões e assuntos fundamentais que a humanidade enfrenta muito antes de realmente tornarem-se relevantes para nossas vidas diárias. Nem sempre podemos ter certeza sobre onde nossa realidade termina e a ficção começa. As histórias de Jornada nas Estrelas, incluindo os Borg, são um bom exemplo.

A democracia digital e o futuro dos cidadãos*

Será que temos informação suficiente para poder regular a atividade dos provedores de dados que desempenham hoje um papel chave no desenvolvimento das campanhas eleitorais e de nossas democracias?

Banda larga para todos: competição no mercado móvel, planos de dados e custo da Internet na América Latina e Caribe

O acesso à Internet continua muito caro para bilhões de pessoas em todo o mundo, a maioria vivendo em países de baixa e média renda. Com base nos dados de preços mais recentes da Alliance for Affordable Internet (A4AI) sobre o custo da banda larga móvel em 99 desses países, um gigabyte (1 GB) de dados custa uma média de 5,76% da renda mensal de um indivíduo.

Brinquedos conectados e os riscos à infância

Considerando a necessidade de acompanhar o desenvolvimento tecnológico com vistas a maximizar oportunidades e reduzir riscos no uso de Tecnologias da Informação e Comunicações (TICs) por crianças e adolescentes, é fundamental que nos debrucemos o quanto antes sobre a tendência de conexão de objetos, um processo que vem sendo chamado de Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês).

Páginas

 

Endereço

Rua Sorocaba 219
Botafogo
Rio de Janeiro . RJ
22271 110

 

Creative Commons

O conteúdo original deste site está sob uma licença Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International (CC BY-SA 4.0) https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0/. Os conteúdos de terceiros, atribuídos a outras fontes, seguem as licenças dos sites originais, informados nas publicações específicas.