poliTICs 17

Temos o prazer de apresentar nesta décima sétima edição da poliTICs nosso novo Comitê Consultivo, um grupo voluntário de pessoas de diversas áreas do conhecimento e regiões do mundo que são colaboradores relevantes para as TICs para o desenvolvimento humano dentro de seus campos de especialidade. Dois deles constam do Hall da Fama da Internet. Elas e eles aportarão sugestões sobre estratégias, linha editorial e temas a serem considerados. Nenhum dos membros será responsável pelo conteúdo publicado tanto na versão impressa como online. (continua...)

Maio 2014 | Expediente

Governança da Internet: e agora?

A governança da Internet tem sido o tópico de infindáveis discussões desde que a preparação para a Cúpula Mundial sobre a Sociedade da Informação (CMSI/WSIS) começou em 2001. A maioria dos Estados insiste em pesos iguais nas decisões que afetam não apenas questões técnicas como também políticas públicas, além de impactos econômicos e sociais, nos níveis nacional e internacional. Entretanto, o governo dos EUA ainda não retrocedeu na sua determinação de continuar com as operações de espionagem e vigilância em massa e continua exercendo controle unilateral sobre a Internet por meio de uma empresa californiana, a Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (ICANN), criada em 1998 com esse propósito específico.

Compreendendo a e-Democracia

As promessas do e-governo têm sido idealizadas como arautos de uma nova era de engajamento democrático, com oportunidades para discussões não mediadas, participação e representação direta, e uma maior transparência e responsabilização por meio da abertura política. Contudo, argumenta- se que os governos têm dado pouca ênfase ao desenvolvimento de práticas online capazes de permitir contribuições cívicas que causem impacto nos processos decisórios, priorizando, por outro lado, recursos para a disseminação de informações e a prestação de serviços.

A contribuição empresarial para o software livre como atividade socialmente responsável

Metodologia criativa baseada na melhoria contínua e participativa, para uns, ou movimento social que utiliza a tecnologia para construir suas próprias ferramentas a partir de uma visão sociopolítica com profundas implicações econômicas, para outros, o modelo de software livre ou de código aberto tem sido revolucionário nas duas últimas décadas e cresceu ao mesmo tempo em que estendia o papel da Internet na sociedade. Seu paradigma básico é o de que o conhecimento há de ser livre.

Marco Civil da Internet - Brasil aprova uma das leis mais avançadas do mundo para o setor

O dia 22 de abril de 2014 será lembrado, não apenas no Brasil, como o dia do Marco Civil da Internet. Nesta data, após cerca de três anos de tramitação, o Congresso Nacional finalmente aprovou um projeto de lei que, além de contrariar interesses econômicos poderosos, ao garantir direitos dos cidadãos e cidadãs, aponta claramente para o tratamento da comunicação como um direito fundamental e não apenas como uma mercadoria. Trata-se de uma perspectiva inédita na história brasileira e de uma das raras legislações do mundo no campo da Internet que cria mecanismos de proteção do usuário – e não o contrário.

 

Contato

Liga pra gente+55 (21) 3259-0370

Ou mande um e-mail

 

Endereço

Rua Sorocaba 219 / 501 parte

Botafogo . CEP 22271 110

Rio de Janeiro . RJ

Brasil